terça-feira, 9 de agosto de 2011

W.A.S.P – W.A.S.P [Hard Rock/ Heavy Metal] [1984] [EUA/USA]



O Rock é um gênero musical bastante diversificado. Isso não é novidade para nenhum fã. Acontece que a variedade de banda é tão grande, e tantas bandas boas ou bem assessoradas, que algumas não têm para si os holofotes voltados como merecem. Mas, há bandas que pouco se importam com a fama em demasia, isto é com o mainstream, e preferem manter o seu som fiel. Eu acredito que neste último caso o W.A.S.P se encaixe.

A banda surgiu nos Estados Unidos, numa época em que o Hard Rock, em Los Angeles, estava em ebulição. Todo bar de esquina tinha uma banda que se apresentava e lotava tais estabelecimentos.



O W.A.S.P se destacava dentre as inúmeras bandas da cena por protagonizarem apresentações “chocantes”, um tanto teatrais, lembrando muito as peripécias teatrais do Sr. Alice Cooper, nas quais eram utilizados sangue, fogo, explosões e etc. E, sem falar na “polêmica” gerada pelo próprio nome da banda, pois este em inglês é entendido como "White Anglo-Saxon Protestant", que significa "Branco, Anglo-Saxão e Protestante", e foi reinterpretado pelos membros do grupo para que significasse "We Are Sexual Perverts", que traduzindo para o português significa "Nós somos pervertidos sexuais".



Lembrando que todo este reboliço já era latente antes mesmo do seu primeiro full lenght ser lançado. Assim, em 1984, com toda uma fama considerável na região que surgiu, sai o primeiro disco do W.A.S.P, contendo 10 faixas incríveis, apresentando um som direito e bem executado.

Com fortes influências de Alice Cooper, Kiss, Van Halen, Judas Priest, New York Dolls e etc., o W.A.S.P apresenta um som visceral, marcante e empolgante, sendo cada faixa um verdadeiro “soco na cara” do ouvinte.

A banda estava inspirada e no auge do fervor da sua ira, da sua “insanidade”, do abuso de substâncias tóxicas, abraçando, assim, a receita que foi consagrada ao longo dos anos pelos grandes nomes do Rock n’ Roll, que felizmente (ou melhor, infelizmente) marcou o lançamento de grandes discos de gênero musical tão apaixonante.



O disco “W.A.S.P” pode ser considerado como um dos grandes lançamentos do Hard Rock/Heavy Metal dos anos 80, tendo como destaque as faixas “I Wanna be Somebody” que abre o disco de forma brutal e insana, “L.O.V.E. Machine” que se tornou um clássico da banda, a ótima “B.A.D.”, a instigante “School Daze”, a bela balada para esfriar os ânimos “Sleeping (in the Fire)” e a excelente “Tormentor”.

Recomendadíssimo!

Faixas:

01 - I Wanna be Somebody
02 - L.O.V.E. Machine
03 - The Flame
04 - B.A.D.
05 - School Daze
06 – Hellion
07 - Sleeping (in the Fire)
08 – On Your Knees
09 – Tormentor
10 - The Torture Never Stops

*ALTAMENTE RECOMENDADO!
**Capas Inclusas
***Link nos comentários [link in coments]
****Um comentário não mata ninguém!!

Pedidos nos comentários, ok?!


4 comentários:

Iron Man disse...

http://www.mediafire.com/?4d6v6m189qy9v73

Lupo Hell Rider disse...

Por isso gosto do blog, nos faz relembrar a época do perrengue em que nós headbangers tinhamos apenas fitas K7 "mal gravadas" dos vinís de uns poucos felizardos que nos podiam trazer do exterior as novidades que para os gringos já eram velhas!!! UP THE IRONS!

Lupo Hell Rider disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Iron Man disse...

Valeu, Lupo!!
Vida Longa ao Rock n' Roll!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...